NOTÍCIAS

Otimização de recursos aumenta a produtividade

Em São José do Rio Preto (SP), há cerca de 800 empresas de confecções. É um polo que luta para sobreviver em meio a uma das piores crises que o setor já enfrentou. Uma das causas é a concorrência com a China, o maior produtor e exportador mundial de roupas. A disputa é considerada desleal, tendo em vista que no país asiático a carga tributária é praticamente 75% menor e a mão de obra, muito mais barata. Aqui, os impostos beiram os 40%, o custo de um funcionário com carteira assinada praticamente dobra por conta da carga tributária e a mão de obra especializada está cada vez mais difícil.

“Acredito que todos nós do ramo de confecções somos heróis, principalmente aqueles que possuem micro e pequenas empresas”, diz Erivaldo Estivanelli, um ex-modelo que há trinta anos criou sua própria marca, hoje reconhecida nacionalmente. “Produzir roupas no Brasil atualmente requer planejamento, coragem e, sim, heroísmo”, enfatiza.

O apoio ao polo de confecções de São José do Rio Preto, por meio da criação de um grupo de trabalho, é um dos principais projetos do Sebrae em São Paulo para a região este ano. O primeiro passo foi dado com um workshop sobre a manufatura enxuta. O sistema, que se parece mais com uma filosofia empresarial, foi criado pela japonesa Toyota em 1937 para enfrentar a concorrência das grandes empresas americanas.

De acordo com esse método, mais do que perda de material o desperdício também pode representar gandes estoques, produção mal dirigida e movimentação de funcionários. “O essencial é atender aos prazos do cliente, e da maneira mais racional possível. Se ele encomendou trinta peças, por exemplo, para que usar a máquina de corte para preparar cem? O excedente vai significar capital de giro parado, ocupação de área útil, estoque desnecessário e, o pior, se o cliente não quiser mais depois, foi tudo desperdiçado: material, mão de obra, tempo de máquina, enfim, dinheiro jogado fora”, exemplifica o palestrante Domingo Cavallini Neto.

“A gente diz que ela é mais uma filosofia do que um sistema de gestão porque exige envolvimento total, principalmente do empresário, e deve estar em constante desenvolvimento”, afirma ele. “Na Toyota, por exemplo, a manufatura enxuta foi colocada em prática há 75 anos, mas continua sendo tratada como algo atual, a empresa se mantém atenta para enxugar qualquer desperdício", conta.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de São José do Rio Preto, Carlos de Arnaldo, a associação entre o município e o Sebrae é de extrema importância para o desenvolvimento do setor. “Contamos com essa parceria para fomentar e fortalecer este setor em nosso município. Temos cerca de 800 empresas de confecções, a maioria micro e pequenas, e estamos criando alternativas para que cheguem a mil nos próximos anos. Temos 13 parques industriais e já abrimos licitação para o 14º. E acreditamos que o Sebrae pode ajudar esses empresários a se capacitarem para administrar melhor o negócio e se destacarem no mercado”, finaliza o secretário.

A gestora do projeto no escritório regional do Sebrae, Valéria Prado Scott, conta que o objetivo é formar um grupo de empresários interessados em receber informações e conhecimento atualizados sobre gestão e mercado. “Dentre os benefícios estão consultorias coletivas e individuais, atendimento na própria empresa, cursos, palestras, oficinas e participação em feiras e congressos do setor”, destaca.

Os participantes assistiram ainda à explanação do consultor Ronaldo Alves, que apresentou um panorama atualizado do setor de confecções no mundo. Segundo ele, esse é um mercado de números gigantescos, com 150 bilhões de peças produzidas ao ano, que movimentam US$ 900 bilhões (calculados aí somente os preços de fábrica).

O consultor afirma que a maior produção está na Ásia (73%) e que o Brasil representa apenas 2,8%. Ou seja, a indústria nacional ainda tem muito a crescer, tendo em vista que sequer consegue atender à demanda. Os dados apresentados revelam que 30% do que é consumido no país precisa ser importado.



Publicado em: 06/07/2012         Fonte: ASN         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

bursa escort
porno
porno
bodrum bayan escort