NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Por que o setor de serviços cresce acima da média?

Dificuldade em localizar ponto comercial estratégico, concorrência acirrada e alta carga tributária de produtos são alguns dos fatores que fazem empreendedores partirem (ou migrarem da área varejista) para o setor de serviços

Alguns dilemas podem confundir os planos de quem deseja entrar na área empreendedora. Na maioria das vezes, a porta de entrada é o setor de varejo. Porém, com o crescimento do setor de serviços, aliada a algumas dificuldades do setor varejista, muitos empresários já enxergam com bons olhos a migração, ou, então, a ampliação de seus investimentos para esse segmento.

Pesquisa Cenários 2020, divulgada pelo SEBRAE-SP (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), revela que em 2015 o setor de serviços deverá ultrapassar o comércio (em número de PMEs). Isso porque a expectativa é que existam cerca de 800 mil PMEs a mais no Estado de São Paulo até 2020, resultado do crescimento de 2,8% ao ano para a indústria, 1,4% para o comércio e 6% para as empresas do setor de serviços.

Dentro da área de serviços, o segmento que mais cresce é o de alimentação, composto por restaurantes, lanchonetes e bares. Ao todo, do total de empresas de pequeno porte, esse nicho possui cerca de 19,4% do mercado, com crescimento anual de 3,3%. Em segundo lugar estão os serviços de escritório e apoio administrativo, representando 11,5% da área de serviços, com 6,7% de crescimento médio anual.

Batista Gigliotti*, master franqueado da Sunbelt Business Brokers para o Brasil, rede de franquias na intermediação de compra e venda de empresas, esclarece que “46% dos empresários que procuram a Sunbelt hoje buscam negócios (empresas) que atuem na área de serviços, incluindo o setor de alimentação”.

A leve melhora na desburocratização e o forte crescimento do empreendedorismo no Brasil também são fatores que favorecem a entrada de uma grande demanda nesse nicho. “É comum vermos ex-executivos, ex-diretores de empresas multinacionais, empresários da área varejista, entre outros profissionais, migrando ou entrando para o setor de serviços”, destaca Gigliotti.

Entretanto, ao comprar uma empresa de serviços é preciso ficar atento a diferentes questões. Gigliotti explica que “uma consultoria especializada poderá atenuar (e muito) os riscos do empreendedor realizar um mau negócio. Analisando diversos fatores da empresa e aplicando as metodologias adequadas é possível saber exatamente o valor de mercado que essa organização possui”.

* Batista Gigliotti é master franqueado da Sunbelt Business Brokers no Brasil. A Sunbelt é a maior franquia de intermediação de compra e venda de empresas no mundo e possui mais de 250 unidades espalhadas em mais de 30 países. www.sunbeltbrasil.com.br Gigliotti é também mestre em Administração e professor de cursos de pós-graduação da EAESP-FGV, Senac, Anhembi-BSP-Laureate, BI, Belas Artes e Ibmec/Veris.



Publicado em: 02/07/2012         Fonte: Batista Gigliotti - Ato Z Comu         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

beylikduzu escort
porno
porno