NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Contabilistas pedem agilidade na liberação de processos

Origem do problema estaria no “turnover”, porquanto há dificuldade em repor o número de funcionários, bem assim a capacitação dos novos. A criação da “Sala do Profissional da Contabilidade” e a realização de eventos objetivaria propiciar a economia processual.

O acúmulo de processos à espera de análise e sua liberação pela Junta Comercial de Mato Grosso (JUCEMAT), que tanto vem causando problemas e constrangimentos para os empresários e profissionais da contabilidade, deve ser solucionados gradativamente, segundo garantiu o presidente do órgão, Roberto Peron, durante reunião realizada na quarta-feira (06.06) com os representantes do setor contábil.

Inicialmente, o Presidente do Sindicato dos Profissionais da Contabilidade em Mato Grosso – SINCON/MT, Contador Evandro Benedito dos Santos, enfatizou “a necessidade da aproximação direta com a JUCEMAT, visando a conseguir benefícios e melhores condições de trabalho para os profissionais da contabilidade e a solução de casos pontuais por amostragem, que tem provocado transtornos aos profissionais e à sociedade”.

Já o Presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Contador Ivan Echeverria protocolou pedido da criação da “Sala do Contabilista”, espaço destinado exclusivamente ao profissional da contabilidade para eventuais consultas e fechamento de trabalhos antes de protocolar e consultar seus processos de registros na JUCEMAT e ainda pontuou a necessidade “do estudo da criação de guichês especiais para as grandes organizações contábeis”.

Roberto Peron mais uma vez pediu paciência para a categoria. A falta de agilidade da Junta, segundo ele, estaria ocorrendo não só em razão da expansão dos empreendimentos no Estado como, também, devido a não reposição dos funcionários do órgão que pediram demissão e os substitutos estão em vias de nomeação, os quais, primeiramente, serão capacitados para depois atuarem na atividade fim da Entidade. Peron ainda destacou “o retrabalho através das exigências”, apresentando, inclusive, dados estatísticos sobre o tema e o volume de registros de empresas de Mato Grosso e deste comparado com o Brasil. Reconheceu também a necessidade de modernização da JUCEMAT, “pois o trabalho de registro ainda é manual, estamos elaborando estratégias para os serviços serem realizados com a maior agilidade possível”.

Entre as sugestões citadas está a instalação de um posto do órgão dentro do Ganha Tempo, visando a propiciar ao Profissional da Contabilidade uma alternativa para o registro comercial. Foi informada a existência de um vídeo do Formulário de Requerimento do Empresário, já disponibilizado no site da JUCEMAT.

As partes entenderam a necessidade de a JUCEMAT, por seus representantes, proferir palestras sobre as exigências rotineiras, a ser agendada em um possível café da manhã a ser realizado no Auditório do CRCMT, depois da capacitação dos seus novos funcionários.

Participaram também da reunião realizada, representantes do Conselho Regional de Contabilidade (CRCMT), do Sindicato dos Contabilistas de Mato Grosso (Sincon-MT) e o Profissional da Contabilidade Adilson Alves de Almeida.



Publicado em: 12/06/2012         Fonte: 24 News         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

bursa escort
porno
porno
bodrum bayan escort