NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Banco Central reduz taxa básica para mínimo histórico de 8,5%

O Banco Central reduziu a taxa básica de juros, a Selic, em 0,5 ponto percentual, para o mínimo histórico de 8,5% ao ano, anunciou a autoridade monetária em comunicado nesta quarta-feira.

O Comitê de Política Monetária do BC informou que "neste momento, permanecem limitados os riscos para a trajetória de inflação" em um contexto de "fragilidade da economia global".

Trata-se do sétimo corte consecutivo da taxa básica desde agosto do ano passado, quando estava em 12,5% ao ano. A taxa, no entanto, continua sendo uma das mais altas do mundo.

A decisão do Banco Central era esperada pelo mercado diante da perspectiva de uma desaceleração da economia brasileira e um índice de inflação controlado que, segundo a autoridade monetária, se manterá este ano no centro da meta, em 4,5%, depois de no ano passado ter chegado a 6,5%.

"Era o que esperávamos. O nível da atividade está muito baixo, a previsão é de uma desaceleração acentuada do PIB no primeiro trimestre e a inflação está retornando ao centro da meta com uma queda contínua e significativa", declarou à AFP Felipe Queiroz, analista da agência de classificação de risco Austin Rating.

Recentemente, o governo da presidente Dilma Rousseff reduziu sua estimativa de crescimento de 4,5% para 4% em 2012. A economia brasileira, a sexta maior do mundo, desacelerou-se para 2,7% em 2011 frente ao vigoroso crescimento de 7,5% em 2010.

"Hoje objetivo do Banco Central já não é apenas o controle da inflação, mas também estimular o nível de crecimento nesta conjuntura internacional desfavorável. Para o Brasil, hoje a inflação não é um problema; o grande desafio agora é crescer", enfatizou Queiroz.

O analista da Austin prevê também que a taxa chega a 8% no fim do ano.

"Esta redução é claramente um indicador de que o nível da atividade da economia brasileira não se recuperou como se esperava", afirmou por sua vez Rogério Sobreira, professor da Escola de Administração e Economia da Fundação Getúlio Vargas.

"Um nível de atividade que não se recuperou, somado a uma inflação controlada, dá espaço para esta expansão monetária", completou.

A produção industrial teve contração de 3% no primeiro trimestre deste ano.



Publicado em: 31/05/2012         Fonte: Veja         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

beylikduzu escort
porno
porno
bodrum bayan escort