NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Regime de Transição - RTT

As empresas que investem no desenvolvimento de pesquisas e estão sujeitas ao Regime Tributário de Transição (RTT) devem adotar as normas antigas de contabilidade para apurar o Imposto de renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).


A orientação é da Superintendência da Receita Federal em Minas Gerais, e está prevista na Solução de Consulta nº 47, do dia 11. Apesar de o Brasil ter adotado o padrão internacional de contabilidade, que passou a valer em 2008, o governo instituiu um regime de transição para que as novas normas não causem grande impacto na apuração de tributos.


Com a interpretação da Receita, os chamados Ativos intangíveis (marcas e fórmulas de produtos, além dos gastos com desenvolvimento de pesquisas) devem ser contabilizados junto com os Ativos imobilizados (máquinas e equipamentos, por exemplo), como prevê as normas de contabilidade antigas. Pelas regras internacionais, os Ativos devem ser separados.


"O Fisco confirma que a empresa deve usar as regras internacionais para a contabilidade societária. Mas para fins tributários, as novas normas são neutralizadas. É como se houvesse duas contabilidades", afirma o advogado Fabio Calcini, do escritório Brasil Salomão e Matthes Advocacia



Publicado em: 24/05/2012         Fonte: Valor Econômico         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

bursa escort
porno
porno
bodrum bayan escort