NOTÍCIAS

O que todo empreendedor deve saber ao abrir uma empresa

 

Plano de negócios pronto e muitos objetivos pela frente. Mas abrir uma empresa não é só ter sonhos, e sim colocar os pés no chão e seguir diversas legislações brasileiras. Em primeiro lugar, diz Telmon Oliveira, da Prolink Contábil, empresa que atua na área de gestão fiscal e contábil, é fundamental se organizar e seguir diversos passos, que vão deixar o empreendimento regularizado e apto a exercer suas funções.

"Uma das prioridades que o empreendedor deve ter é uma parceria com contadores de confiança, que, por serem especialistas, irão cuidar de toda burocracia que envolve a gestão fiscal e contábil de uma empresa, o que, certamente, evitará dores de cabeça no futuro", diz Telmon.

Para ajudar o empreendedor nessa etapa, Oliveira explica o passo a passo:

1. Junta Comercial: é necessário fazer o registro da empresa e seu enquadramento correto, de acordo com o perfil. Também deve ser feita uma pesquisa do nome empresarial para saber se não existe outro; depois deve ser preenchido requerimento de empresário. Nessa etapa é necessários solicitar consulta à prefeitura municipal para saber se é possível exercer as atividades desejadas no local onde a empresa funcionará, além de solicitar alvarás e licenças. Não alugue nenhum ponto sem saber se seu negócio poderá funcionar nele;

2. Aprovação prévia de órgãos e entidades governamentais deve ser pedida, dependendo do tipo de negócio;

3. Faça inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) . Em quase todas as Juntas Comerciais essa inscrição pode ser feita juntamente com o arquivamento do Requerimento de Empresário. Porém, se sistema da sua cidade ou estado não esteja integrado, essa inscrição deve ser efetuada após o registro na Junta Comercial.

4. Se a empresa exercer atividade industrial ou comercial, deve ser feuta inscrição na Secretaria Estadual da Fazenda como contribuinte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) .3. Faça inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) . Em quase todas as Juntas Comerciais essa inscrição pode ser feita juntamente com o arquivamento do Requerimento de Empresário. Porém, se sistema da sua cidade ou estado não esteja integrado, essa inscrição deve ser efetuada após o registro na Junta Comercial.

5. Se a empresa exercer atividade de serviços, providencie a inscrição na Secretaria de Finanças ou de Fazenda da Prefeitura. Em vários municípios essa solicitação se dá simultaneamente com a solicitação do Alvará de Funcionamento.

6. Faça sua inscrição no FGTS (Caixa Econômica Federal) e também nos conselhos de classe, quando for o caso (CREA, CRM, CRC etc.)

 



Publicado em: 16/06/2015         Fonte: Portal Administradores         Postado por: Ronnie de Sousa

Voltar