NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Contabilidade passa por transformações importantes

A contabilidade no Brasil vai se transformar em uma profissão de ponta. Pelo menos, essa é a aposta do presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRC-RS), Zulmir Breda, baseada em recente pesquisa realizada pela empresa Robert Half, especializada em recrutamento de executivos. O estudo concluiu que, em 2010, as funções mais valorizadas entre os executivos foram das áreas de finanças e contabilidade. “Ela está classificada no quarto lugar das ocupações mais requisitadas do mundo”, comemora Breda.

O CRC-RS tem como princípio fundamental priorizar os objetivos da classe, seguindo um planejamento que ultrapassa as individualidades de cada gestão. “Visamos dar continuidade ao trabalho, com uma mesma política de atuação, mesmo com as trocas e renovação dos conselhos e diretorias para não perdemos o fio da meada”, destaca o presidente que acredita ser essa a razão do sucesso da entidade.

A preocupação do presidente é que todas as empresas, pequenas, médias ou grandes adotem as normas internacionais de contabilidade, a International Financial Reporting Standards (IFRS). Porém, para que isso ocorra é necessário esforço e conscientização de cada empresário. “Eles precisam entender que é um processo que beneficia a própria indústria”, diz. Um dos objetivos da instituição é ajudar nesse processo e na aproximação da classe empresarial com o profissional da contabilidade.

Todo o esforço das entidades regionais para promover a mudança da contabilidade tem surtido efeito. De acordo com o presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e líder do novo grupo de emissores de normas contábeis dos países da América Latina, Glenif, Juarez Domingues Carneiro, o País é referência quando o tema é implementação das novas normas. “O Brasil está se tornando modelo para os outros países”, afirmou o presidente.


Com cerca de 40 mil profissionais, CRC-RS chega aos 65 anos
O Conselho Regional de Contabilidade (CRC-RS), que abrange cerca de 40 mil profissionais, completou 65 anos de atividade no dia 25 de abril de 2012. A história da instituição se confunde com a da própria carreira contábil, que foi evoluindo através dos tempos, se modernizando com o novo paradigma da contabilidade. “Comemoramos o crescimento da instituição e o reconhecimento da profissão”, declarou o presidente.

Em 1947, o Conselho iniciou suas atividades com apenas 100 associados em um espaço locado na rua Uruguai, no Centro da Capital. Mais tarde, mudou- se para um conjunto na rua General Câmara. Porém, o fluxo de atividade foi aumentando, exigindo uma estrutura maior para comportar os projetos e objetivos do órgão.

Em 1975, com recursos próprios, sob o comando do presidente João Verner Juenemann, a entidade adquiriu um terreno no bairro Menino Deus, na rua Baronesa do Gravataí, 471, local que permanece até os dias de hoje. Em 1981, a nova sede foi inaugurada, com um prédio de cinco andares, totalizando uma área de 2.351 m2. Atualmente o CRC-RS ocupa uma área de 6.440m2. Em mais de meio século de trajetória, o Conselho se tornou referência em assuntos ligados aos interesses da profissão contábil no Brasil. Para o presidente Zulmir Breda, a principal realização do CRC-RS “é ter se mantido, ao longo dos anos, vigilante na fiscalização do exercício da profissão contábil, protegendo a sociedade usuária dos serviços e colaborando no aperfeiçoamento técnico dos profissionais registrados”. Em de 1970, de acordo com o diretor-executivo do CRC-RS, Luiz Mateus Grimm, a fiscalização do exercício profissional, o registro e as empresas de serviços contábeis eram o principal foco de atuação do órgão. Mas a partir da década de 1980, as entidades começaram a aplicar recursos em programas de formação profissional.




Publicado em: 11/05/2012         Fonte: Jornal do Comércio         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

bursa escort
porno
porno
bodrum bayan escort