NOTÍCIAS

Mais fôlego para as médias auditorias

Por: Marco Antonio Papini (*)

Por mais que as grandes auditorias tentem implantar departamentos para atender o chamado middle market, sempre haverá um espaço enorme a ser explorado pelos players de médio porte, que primam em oferecer atendimento personalizado e a custos bem mais comedidos a clientes que, muitas vezes, tem um tamanho muito semelhante ao seu.

Mas, para isso, precisam responder de forma assertiva  a desafios quase tão significativos quanto as oportunidades que se avizinham.

Um deles, com certeza,  é o arrojo com que se associarem a outras consultorias dentro e fora do país, dando origem a casos bem-sucedidos como o que a nossa empresa tem experimentado, após se associar de forma pioneira, há 5 anos, à CPA Associates International (CPAAI), grupo atualmente composto por 158 empresas de auditoria, consultoria contábil e fiscal e contabilidade, atualmente presente em 65 países.  

Outras cinco auditorias brasileiras optaram até agora pela mesma   estratégia e, igualmente, só têm a comemorar, corroborando com isso o quanto associações bem escolhidas são mesmo um caminho interessante a trilhar.

Os benefícios se estendem a ambos os lados, com destaque para a atenuação de choques culturais, compartilhamento de informações e tecnologias, bem como a possibilidade de atender clientes nacional ou globalmente, pois cada vez mais as médias empresas possuem atividades e necessidades bem além das fronteiras geográficas.

Paralelamente, ser membro de uma associação possibilita parcerias regionais fortalecidas pela cooperação mútua e fomentadas em reuniões periódicas, bem como uma série de atividades conjuntas e até intercâmbios profissionais, promovidos por meio de programas educativos.

O fôlego extra para as auditorias na atualidade também se encontra nas ações de comunicação e marketing, com o incremento de campanhas publicitárias e serviços de assessoria de imprensa, que favorecem a transformação da empresa em fonte recorrente de idéias e informações para o mercado.

O tamanho real de uma empresa da área, portanto, cada vez mais tende a se basear na coragem de mudar - e rápido -, para que as muitas oportunidades de hoje não motivem mais arrependimento do que comemoração num futuro bem mais próximo do que se possa imaginar.

 

(*) Marco Antonio Papini é sócio-diretor da Map Auditores Independentes e vice-presidente da CPAAI Latin America.

 



Publicado em: 07/04/2014         Fonte: Reperkurt         Postado por: Ronnie de Sousa

Voltar

 

ankara escort
alanya escort
izmir escort
gaziantep escort
hd porn
porno
bodrum bayan escort