NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Transparência lubrificante

O sucesso de uma empresa não depende apenas de um bom plano de negócios, mas também da comunicação perfeita entre as suas diversas  áreas.  Contudo, a verdadeira ‘graxa’ para o bom funcionamento de toda essa máquina é a relação harmoniosa  entre  a alta administração  e o departamento contábil.

Da informação gerada pelos dois depende o  próprio êxito da corporação. Todos precisam entender que estão no mesmo barco e devem partilhar os bons e maus momentos, uma visão  que nem sempre prevalece, infelizmente.

Cabe aos gestores, sejam eles diretores ou gerentes, municiar o contador com informações detalhadas sobre as operações da empresa, sua produção, os contratos e as parcerias que celebra. Embora muitas vezes sigilosos, esses dados são essenciais para nortear o trabalho analítico da contabilidade.

Hoje, a comunicação interna entre as diversas áreas da maioria das companhias nacionais ainda é muito rarefeita. Seria vital ao contador, por exemplo, saber se um contrato de construção é de curta ou longa duração e o quê exatamente o documento prevê,  permitindo assim ao profissional vislumbrar um passo adiante.

Conhecer o conteúdo de determinados documentos facilita  igualmente o registro  das operações no balanço,  e a transformá-las em informações realmente estratégicas. Isto certamente se resolveria com reuniões periódicas. Se a alta administração tiver dúvidas sobre aquilo que pode ou não divulgar, poderá solicitar a ‘mediação’ do departamento jurídico, mas jamais ser omissa.

Partindo de uma revisão analítica, o contador poderá executar o estudo mais aprofundado dos resultados mensais ou de outros períodos,  inclusive compará-los. Ao identificar determinados índices,  será capaz de traçar planos e metas mais consistentes, sempre com o aval de gerentes e diretores.

A cada três meses é preciso realizar uma revisão das atualizações das provisões, e este ajuste deve ser levado adiante após um acerto entre os departamentos administrativo e contábil.  Neste momento é igualmente necessário e crucial haver uma ampla troca de informações entre ambos.

A contabilidade precisa saber até mesmo  o que a administração e as gerências esperam do seu trabalho.  Afinal, no concorrido e muitas vezes nada benevolente mundo corporativo,  a comunicação limpa e sem ruídos é o melhor lubrificante para manter  eficazes e velozes todas as engrenagens da organização.

(*) Marco Antonio Papini é sócio-diretor da MAP Auditores Independentes e vice-presidente da CPAAI Latin America



Publicado em: 05/09/2013         Fonte: Marco Antonio Papini         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

bursa escort
porno
porno
bodrum bayan escort