NOTÍCIAS

O Marketing nas Pequenas e Médias Empresas

 

 Por: Fred Tavares
 
Nos últimos 50 anos, o marketing tornou-se uma atividade fundamental para o sucesso dos negócios. De simples ferramenta gerencial, o marketing passou a funcionar como palavra-chave do processo decisório de uma empresa. Graças a esse olhar, sua perspectiva teórico-funcional ganhou uma nova dimensão conceitual, já que no foco das decisões o mercado, o consumo, a venda e o lucro se tornaram os vetores que colocaram o marketing como o epicentro do processo organizacional, guiando-o a uma função supra-estratégica.
 
Ter uma empresa orientada pelo paradigma de marketing, é gerenciar todas as competências essenciais, através da premissa mercadológica. Ou seja, Produção, RH, Finanças, Tecnologia e outras áreas se tornam orientadas / enredadas pela abordagem do consumo, pois o sucesso de um negócio está intimamente relacionado a uma visão de excelência em marketing.
 
Grandes empresas, no cenário mundial, percebem o quanto o marketing é importante para ficar reduzido apenas a funções táticas e operacionais.
 
Portanto, vamos a algumas dicas importantes para que as pequenas e médias empresas possam utilizar-se do pensamento mercadológico como um diferencial competitivo estratégico. 
 
1) A estratégia competitiva de uma empresa, ou seja, como ela vai se posicionar para competir no mercado, depende de uma abordagem criativa mercadológica na busca de uma posição de exclusividade, deliberada, para construir-se de maneira que seja difícil de ser copiada. Ser diferente, não copiar as outras empresas. Fazer algo novo, isso é criativo. As pessoas estão dispostas a pagar por isso.
 
2) A análise do PFOA (Potencialidades, Fragilidades, Oportunidades e Ameaças) é de extrema relevância para auxiliar a escolha de uma posição competitiva robusta. Entender os pontos fortes e fracos dos seus concorrentes e reconhecer as oportunidades e ameaças ambientais oferecem bons indicadores para uma boa decisão estratégico.
 
3) Ser o primeiro na mente do mercado. Fazer bom uso da comunicação de marketing (propaganda, promoção, internet, relações públicas etc) para garantir que a marca seja top of mind e sempre lembrada como a no 1.
 
4) Colocar o cliente / consumidor como foco do processo. Pensar e agir em direção às expectativas do cliente, procurando atendê-las de forma antecipada e pró-ativa, ajudam a construir uma imagem de qualidade em serviços.
 
5) Ter um bom produto, investir na sua embalagem e oferecer uma promessa que possa ser cumprida, tudo isso ajuda a criar uma percepção favorável junto ao público-alvo.
 
6) Gerenciar bem a marca - os valores, as experiências e a imagem -, pois ela é o principal ativo que uma empresa pode construir no mercado. Uma estratégia de branding bem administrada é garantia de sucesso e rentabilidade. Não esqueça que as pessoas compram as marcas, não os produtos.
 
7) Ter uma boa distribuição, criar uma base de valor sólida (qualidade, preço e serviços) ajudam a empresa a vender bem a sua imagem no mercado.
 
8) Reinventar o seu negócio, mas não modificar o seu posicionamento. Pode ser confuso, mas é simples. Mantenha a direção escolhida, porém procure ser criativo desenvolvendo novas abordagens para que o seu negócio esteja sempre atualizado, na crista.
 
9) Procure se comunicar sempre com o seu cliente. Invista em telemarketing, central de atendimento, call center, ouvidoria, ombudsman etc. Se você não tiver muitos recursos, designe uma pessoa para atender e esclarecer as dúvidas do seu público. Ouvir o que o cliente fala, amplia a sua satisfação e gera mais clientes para a empresa.
 
10) Por último, pesquise sempre o mercado (clientes, concorrentes, tecnologias, processos etc). Isso vai permitir que sua empresa esteja sempre up to date. Sem pesquisa, sua estratégia competitiva mercadológica pode sucumbir e você ver a sua empresa perder clientes, market share e, consequentemente, quebrar.
 
Seguindo essas dez lições, sua empresa pode se transformar em uma referência dentro do seu setor competitivo. Mas não esqueça, perseverança e endomarketing são igualmente indispensáveis para o bom dever de casa estratégico de uma companhia.
 



Publicado em: 04/04/2013         Fonte: Revista Incorporativa         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

bursa escort
porno
porno
bodrum bayan escort