NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Adaptação ao mundo digital é essencial para pequenos negócios terem sucesso

Com as transformações rápidas e diárias, características de uma nova era digital, os empresários de micro e pequenas empresas têm uma oportunidade que nunca tiveram para ampliar a competitividade empresarial. Mas, para isso, é preciso uma significativa quebra de paradigmas, ou seja, uma mudança na forma de pensar.

A avaliação foi feita por um dos mais renomados especialistas em comunicação e interatividade do Brasil, Walter Longo, que fechou a última noite de palestras-magna programadas para a Feira do Empreendedor 2013 – Paraná, e que foi encerrada no último domingo, dia 24, em Curitiba.

“Ter a coragem de rever e questionar paradigmas é o que separa empresas de sucesso daquelas que nunca chegarão lá”, afirmou o especialista. Para Walter Longo, a revolução proporcionada pela era digital só se torna efetiva a partir da capacidade de adaptação do ser humano, que, por natureza, tem resistência à mudança.

“A capacidade de se adaptar é o que separa os vencedores daqueles que não serão vencedores. E a cabe a nós ter essa capacidade de adaptação. Nós estamos vivendo uma profunda revolução, na qual a informação está ao toque de um botão. Isso é um milagre da democratização do conhecimento”, avaliou.

Segundo Walter Longo, hoje o que se "assiste" são os fins dos limites. Na palestra “Empresa do futuro – como ampliar as chances do sucesso”, o especialista citou uma série de exemplos de novas possibilidades que o mundo digital já apresenta, chamando a atenção da plateia de mais de 1,6 mil pessoas, que lotou o Teatro Positivo.

De acordo com ele, o uso da realidade aumentada; lojas que vendem mais quando estão fechadas porque, ao usar a tecnologia, transformaram vitrines em um efetivo ponto de venda e relacionamento com o cliente; a inteligência artificial, que passou a ser muito mais racional na gestão do que apenas mecânica; e a invenção da impressora 3D são só algumas das possibilidades que já estão em prática e que impactam, consideravelmente, os modelos de negócios.

“Tamanho é documento? Antes da era digital, ser grande era sinônimo de segurança e poder. Porém, isso mudou. Hoje, o mercado é o mundo. E as pequenas empresas têm uma grande oportunidade aqui, porque são mais flexíveis para a mudança. Independente da cidade onde você está, o seu mercado é o mundo. Só não se pode perder o foco. Com toda essa revolução digital, é muito fácil perder o foco e é preciso tomar cuidado”, alertou Walter Longo.

Para os empresários, o especialista foi categórico ao afirmar que clientes estão mais informados e mais apressados. “Assumam uma postura consultiva e não mais de vender pela quantidade, porque hoje a informação está disponível tanto para quem vende quanto para quem compra”, disse.

Sobre inovação e tecnologia, conceitos que, muitas vezes, são associados, Walter Longo avaliou que inovação é muito mais uma questão de ótica do que fibra ótica. Para ele, as premissas básicas e necessárias para uma pessoa ser inovadora e contribuir para criar um ambiente inovador passam por questões comportamentais, como ser otimista e ter uma visão positiva do futuro; gostar do local onde se vive e se trabalha; assumir riscos; trabalhar por uma missão e não apenas por uma visão; e, por fim, é preciso se dar o direito de ser feliz.

“Todo mundo pode gerar inovação, pois inovação é um estado de espírito. O empreendedor tem que se lançar de forma entusiasmada para esse novo mundo, onde tudo mudou e onde a alma digital passou a fazer parte”, concluiu Walter Longo.

Trajetória

Mentor de Estratégia e Inovação do Grupo Newcomm - holding de comunicação do Grupo WPP que inclui as agências Young&Rubicam, Wunderman, New Energy, entre outras, e vice-presidente da Y&R, o executivo Walter Longo ficou popularmente conhecido por atuar como conselheiro de Roberto Justus no reality-show de negócios O Aprendiz, exibido pela Record.

Walter Longo já ocupou cargos de diretor regional para a América Latina do Grupo Young&Rubicam e presidente, no Brasil, da Wunderman Worldwide, TVA, MTV e do Grupo Newcomm Bates. Eleito quatro vezes o melhor profissional do Ano do Prêmio Caboré, nas categorias Planejamento e Atendimento, e Profissional de Veículo de Comunicação, Walter Longo é membro de vários conselhos de empresas de telecomunicações, sócio de diversas empresas de mídia digital, articulista de diversas publicações.

O especialista também é autor dos livros “Tudo que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência de explicar”, da Editora Atlas, e “O Marketing na Era do Nexo”, pela Editora BestSeller.

"Apetite" criativo

Para o diretor-superintendente do Sebrae/PR, Allan Marcelo de Campos Costa, a nova configuração digital representa pressões para os negócios e as empresas precisam se adaptar. “Esse novo ambiente corporativo, exige o surgimento de empresas ambidestras, como pessoas que escrevem com as duas mãos. Parece uma expressão sofisticada, mas sua compreensão é simples: significa que as empresas que competem nesse novo ambiente de negócios, precisam ter processos estruturados e efetivos e ao mesmo tempo serem inovadoras”, explicou Allan Costa.

Na avaliação do diretor-superintendente do Sebrae/PR, empresas com alto grau de inovação têm ambientes inovadores e toleram o erro. Para ele, nas empresas em que os processos são altamente eficientes e organizados, muitas vezes falta espaço para o improviso e a diversidade inerentes a ambientes inovadores. “É preciso mudar o modelo mental, é preciso ter "apetite" criativo”, enfatizou.

Allan Costa também destacou que as palestras-magna realizadas na Feira do Empreendedor 2013 - Paraná tiveram uma sequência evolutiva dos temas propostos durante os quatro dias do evento. De acordo com Allan Costa, o objetivo era trazer um panorama para empreendedores e empresários, a partir da análise de especialistas, sobre aspectos que devem ser avaliados para garantir efetividade na gestão empresarial.

“Na primeira noite, tivemos o empresário Mario Gazin, que, com todo o seu entusiasmo, contou como construiu uma empresa de sucesso. Na segunda noite, Serginho Groisman falou sobre o novo consumidor e abriu um grande debate sobre o comportamento do jovem. Já na terceira noite, Ricardo Amorim colocou as micro e pequenas empresas no contexto da economia global. Na última palestra-magna, Walter Longo fala sobre a empresa do futuro, nesse novo ambiente de negócios e quais são os impactos dessas mudanças. Essa ordem foi pensada pelo Sebrae/PR para dar uma nova perspectiva aos empreendedores e empresários”, explicou Allan Costa.



Publicado em: 27/03/2013         Fonte: Savannah Ações em Comunicação         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

beylikduzu escort
porno
porno
launchporn pornorodeo pornfoy pornrelation