NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Os ingredientes recomendados ao desenvolvimento do ambiente empreendedor

 

Por: José Luiz Amaral Machado
 
As pequenas e médias empresas na maioria dos casos não conseguem manter equipes profissionais próprias. É nesse momento que a assessoria ou consultoria aparece como ponto de apoio e ajuda com exigência de investimentos mais adequados às condições dessas organizações.
 
No entanto, durante a participação em projetos de assessoria, consultoria ou mesmo auditoria junto a pequenas e médias empresas, ao longo do tempo temos observado uma constante questão que aparece nesses processos. Trata-se da dificuldade de cultura organizacional e do adequado preparo profissional do empresário para a gestão, para a eficiência, para avaliar um programa de investimento e o seu necessário tempo de maturação, por exemplo.
 
O empreendedor de maneira geral tem-se mostrado imediatista evidenciando às vezes uma intolerância, não entende que por vezes o que parece “custo” ou “necessidade de investimento” vai naturalmente exigir um tempo para amadurecer e florescer com resultados, ou para que seja absorvido pela estrutura interna da organização. Sem isso, não conseguimos proporcionar à empresa e à sua saúde as condições de melhoria ou desenvolvimento, pontos tão necessários hoje em que o ambiente de negócios está extremamente competitivo.
 
Assim, durante o processo de evolução de um projeto de desenvolvimento em gestão econômico-financeira não é raro nos depararmos com a impaciência ou o questionamento do empresário. Mesmo que de forma indireta, as indagações ocorrem muitas vezes sobre questões que são itens de abordagem dos próprios planos de desenvolvimento e que por si só exigem certas precondições ou tempo de amadurecimento junto à equipe que toca a empresa.
 
Não se consegue magia em projetos de desenvolvimento de uma empresa.
 
Esses projetos se transformam em verdadeiros casos de adequação de comportamento e cultura para a gestão e desenvolvimento.
 
Sem esse entendimento ou sem a tolerância para que o processo se desenvolva em tempo adequado, e aqui vale lembrar que cada empresa tem uma equipe e cada indivíduo um nível de preparo e cultura, às vezes somos forçados a ter um pouco de tolerância com a situação.
 
Mas convém dizer que em muitos casos em que estivemos participando os resultados foram ótimos, tanto as empresas como seus diretores e colaboradores mostraram adequado nível de desenvolvimento com comprometimento pessoal com a organização.
 
A partir disso todos ganham.
 
A empresa por se submeter a uma adequação do ambiente interno voltado para o desenvolvimento e competitividade como seus recursos humanos envolvidos, assim como os seus dirigentes que passam a mostrar um nível de satisfação pessoal e profissional muito maior que no inicio do processo.
 
Em última análise não só a empresa fica mais bem preparada para o desenvolvimento, seus dirigentes se sentem mais estimulados a ir à luta em busca de novas oportunidades, bem como, o seu quadro de colaboradores mais satisfeitos por estarem vivendo em um ambiente que proporciona a condição de visualizar um horizonte de desenvolvimento mais amplo.
 
Não é preciso destacar, mas cabe dizer que a sociedade também se beneficia com posições de empresas que se enquadram em situações como mencionamos acima, ou seja, por contarem tanto com dirigentes como colaboradores dedicados, atualizados e preparados para um processo de desenvolvimento da empresa condizente com a atualidade.
 
José Luiz Amaral Machado é economista – Diretor da Gerencial Auditoria e Consultoria – Porto Alegre (RS) www.gerencialconsultoria.com.br



Publicado em: 26/02/2013         Fonte: WH Comunicação         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

bursa escort
porno
porno
bodrum bayan escort