NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Downsizing e Outsourcing: duas ferramentas que se completam


Os gestores perceberam que a qualidade é mais importante que a quantidade. No passado com a centralização da estrutura hierárquica o colaborador era "proibido de pensar" e o gerente era obsecado pelo comando e as regras eram seguidas com uma disciplina absurda.

Hoje esse raciocínio mudou, a estrutura hierárquica é descentralizada e o colaborador é valorizado por sua capacidade de ser criativo e inovador, e o líder, que outrora era o ser mais "temido" pelo colaborador, passa a ser um aliado, um parceiro, nos processos organizacionais.

O downsizing ou enxugamento trabalha exatamente para substituir o velho modelo (centralizado) pelo novo modelo (descentralizado), fazendo com que os níveis hierárquicos sejam reduzidos, com que a quantidade de colaboradores seja menor para diminuir as operações ao imprescindível do negócio e terceirizar para reduzir custos e obter maior eficiência nos processos organizacionais.

Objetivos do downsizing:




O downsizing surgiu para ajudar as organizações responderem ao ambiente, pois a competitividade entre as organizações tem aumentado assustadoramente. Sendo assim, o downsizing surge como uma forma de desburocratizar, e é uma técnica que tem como principal foco a racionalização da organização.

O downsizing a curto prazo constitui:




O downsizing a longo prazo constitui:




Desvantagens do downsizing:




Uma ferramenta que combina muito bem com o downsizing é o outsourcing.

 



Outsourcing

Quando uma organização transmite seus processos internos (atividades como limpeza, guarda e vigilância, refeitórios, etc..) para uma outra organização que faça essas atividades com mais eficiência e por um custo menor acontece o outsourcing ou terceirização (é interessante frisar que são atividades que não fazem parte do negócio principal da empresa).

A tendência é diminuir a estrutura organizacional e dar mais agilidade e elasticidade a organização. As empresas responsáveis pelo outsourcing substituirão os departamentos organizacionais tradicionais (exemplo: contabilidade, advocacia, etc...).

Com o outsourcing as decisões ficam mais rápidas e a parte central do negócio da organização passa a ter uma atenção maior, bem como, os processos principais.

É interessante frisar que uma empresa não pode terceirizar sua atividade-fim, pois é a razão de existir da empresa, portanto, somente a atividade-meio e mesmo assim, uma empresa só pode terceirizar havendo inexistência de subordinação hierárquica, em outras palavras, a empresa não pode "alugar" mão de obra, pois é ilegal.





4 vantagens do outsourcing:




4 desvantagens do outsourcing:




As organizações enxergaram no downsizing e no outsourcing uma forma de sobreviverem a alta competitividade do mercado, reduzindo custos e otimizando os processos organizacionais para que a organização acompanhe de forma eficiente as mudanças constantes proporcionadas pelo mercado.

Referências:

PEREIRA, Maria Isabel; FERREIRA, Ademir Antonio; REIS, Ana Carla Fonseca. Gestão Empresarial: De Taylor aos nossos dias, 1 Ed. São Paulo: Pioneira, 2001.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração Geral e Pública. 1ª. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.




Publicado em: 19/12/2012         Fonte: Portal Administradores         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

beylikduzu escort
porno
porno
bodrum bayan escort