NOTÍCIAS

CFC, IRB e Atricon assinam termo de parceria

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC), o Instituto Rui Barbosa (IRB) e a Associação de Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) assinaram, na manhã deste dia 19, durante a reunião Plenária do CFC, em Brasília, um Termo de Cooperação Técnica que tem por objetivo fortalecer a aplicação, no âmbito dos Tribunais de Contas brasileiros, das Normas Brasileiras de Contabilidade e incentivar o processo de convergência entre as Normas de Auditoria Governamental (NAGs) e as Normas Internacionais de Auditoria da Organização Internacional de Entidades Fiscalizadoras Superiores (Intosai/ISSAIs).

O presidente do Conselho Federal de Contabilidade, Juarez Domingues Carneiro, e a vice-presidente de Desenvolvimento Profissional e Institucional do CFC, Maria Clara Cavalcante Bugarim, saudaram as presenças do presidente do Instituto Rui Barbosa, Severiano José Costandrade de Aguiar; da presidente do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), Marli Vinhadeli; e do secretário de Macroavaliação do TCDF, Luís Genédio Jorge. Também compareceram ao Plenário, em apoio à assinatura do termo de parceria, os auditores do Tribunal de Contas da Bahia, Inaldo Paixão, e do Ceará, Luís Mário Vieira - membros do Grupo Assessor das Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público do CFC.

"O CFC tem participado ativamente do processo de desenvolvimento da contabilidade pública brasileira e, hoje, ao celebrarmos essa parceria, constatamos que esse ciclo se aperfeiçoa", afirmou a vice-presidente Maria Clara, destacando que o Termo prevê a articulação de ações conjuntas voltadas à auditoria contábil do setor público.

Juarez Carneiro também ressaltou a importância da assinatura do documento, principalmente porque "envolve entidades realmente comprometidas com a transparência, com a prestação de contas e com a sociedade". O presidente do CFC aproveitou a oportunidade e falou do trabalho do CFC que está sendo realizado por meio do projeto Direção do Orçamento na Aplicação de Recursos (Doar), que visa contribuir para a correta prestação de contas das entidades do terceiro setor e, em outra vertente, fornecer informações sobre orçamento familiar e controle social.


O presidente do Instituto Rui Barbosa (IRB), Severiano José Costandrade de Aguiar, lamentou a ausência, no ato da assinatura do Termo, de Otávio Lessa, conselheiro do Tribunal de Contas de Alagoas, lembrando do incentivo de Lessa à formalização da parceria dos Tribunais de Contas com o CFC.

"Temos que promover a modernização do estado por meio da contabilidade, da transparência, do controle interno e externo e, principalmente, do controle social. Somente com uma contabilidade moderna teremos isso", afirmou Aguiar. Anunciando a realização de encontros para a preparação das etapas seguintes da parceria, o presidente do IRB - que é também presidente do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins - garantiu: "Estamos juntos para desenvolver a melhoria da fiscalização dos recursos públicos; a nossa união fortalecerá a cidadania brasileira".



Publicado em: 20/04/2012         Fonte: CFC         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

bursa escort
porno
porno
bodrum bayan escort