NOTÍCIAS

bakirkoy masaj evde masaj istanbul masaj masaj xnxx video ensest hikaye
Impostos no Brasil


A carga tributária brasileira, considerada uma das maiores do mundo, é um problema que deve ser avaliado com maior atenção pelo governo federal. São tantas as cobranças de impostos, afetando sobretudo os que ganham pouco mais de um salário mínimo, comprometendo assim o poder aquisitivo dessas pessoas.

Além dos impostos ainda existem os tributos e as taxas, que não têm caráter permanente, mas afetam, igualmente, haja vista que são cobrados não sobre renda, porém incidem sobre os baixos salários. Tanto é verdade que o Impostômetro, que mede a quantidade de impostos pagos pelos brasileiros, desde janeiro de 2012, atingiu, até 28 de maio de 2012, R$ 600 bilhões, enquanto que, em 2011, o mesmo valor foi alcançado 3 dias depois.

A previsão da Associação Comercial de São Paulo é de que sejam pagos, em 2012, 1,6 trilhão. Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário a maior parte deles é de impostos indiretos, ou seja, tributos que já estão embutidos no valor do produto, como no caso dos medicamentos, em que os custos de impostos chegam a 56% do valor e na conta de luz, que esse número sobe para 85%. Segundo o IBPT, os produtos que mais têm impostos embutidos são a cachaça, com 81,87%; cigarro, com 80,42%; e a caipirinha, com 76,66%.

O IBPT informa ainda que o Imposto de Renda é o que mais pesa no bolso do brasileiro. Em seguida, estão os tributos sobre o consumo, envolvendo ICMS, PIS, Cofins, IPI e ISS. Pelos dados citados, é que o governo central e o Congresso Nacional devem empenhar-se, com urgência, na aprovação de uma reforma tributária mais justa.




Publicado em: 24/10/2012         Fonte: Diário do Nordeste         Postado por: Equipe Essência Sobre a Forma

Voltar

 

beylikduzu escort
porno
porno
bodrum bayan escort