COLUNISTAS


Facebook Twitter Linkedin
Elenito Elias da Costa

• Formado em contabilidade pela UNIFOR - Universidade de Fortaleza;
• Especialização em Auditoria pela UNIFOR - Universidade de Fortaleza;
• Pós-graduado em controladoria pela UNIFOR - Universidade de Fortaleza;
• Mestrado em Auditoria pela UNIFOR - Universidade de Fortaleza;
• Analista Econômico Financeiro pelo IBAMAC;
• Instrutor de curso no SEBRAE/CDL/CRC;
• Professor universitário, palestrante e avaliador do MEC;
• Autor de diversos artigos publicados no Brasil e exterior;
• Sócio da empresa Irmão Empreendimentos Contábeis Ltda;
• Autor dos livros Contabilidade - Coletânea de artigos e Contabilidade - Coletânea de artigos Vol. II
• Um dos autores do livro Transparência - Uma visão sistêmica da analise empresarial nos demonstrativos contábeis e financeiros da Editora Fortes.

 


Reciclagem para professores de contabilidade

Por Elenito Elias da Costa

As inovações que alteram a contabilidade das empresas merecem especial atenção do corpo docente do curso de bacharelado em ciências contábeis, haja vista suas mudanças significativas no exercício laboral dos formandos.

Lamento que algumas instituições e coordenações não estejam acompanhando citadas modificações, mas no aspecto qualitativo o sistema deverá tratar de conformidade com as suas peculiaridades.

O quadro de professores do curso de bacharelado em ciências contábeis, motivado pela adequação internacional e inovações tecnológicas tributárias precisam se reciclar para acompanhar essas modificações, mesmo que a grade curricular da instituição não esteja acompanhando significativas alterações.

As Instituições poderiam reciclar seu corpo docente, haja vista as inovações que se insere na capacitação e qualificação dos formandos, ou mesmo que elas não o façam, devem os docentes buscar essa reciclagem para que possam se adequar a essas inovações.

Se percebermos que a qualidade depende dessa reciclagem, mesmo por que devemos ministrar o ensinamento de conformidade com o exercício laboral de nossos formandos caso contrário estaremos distribuindo diplomas.

Preocupa-me esse momento e essa posição, pois sabemos que a grade curricular de algumas instituições de ensino superior está defasada e mais ainda a morosidade na reciclagem dos docentes.

Estamos atravessando um momento bastante delicado para empresas de qualquer porte ou tamanho, instituições financeiras e similares e ainda os profissionais envolvidos e isso não está havendo uma reflexão necessária, mas fatalmente implica na credibilidade dos seus demonstrativos e obviamente dos profissionais envolvidos.

Diariamente o sistema econômico internacional relata fatos que dizem respeito á ausência de transparência na gestão empresarial das empresas e obviamente esse mesmo sistema deverá aportar em nossa economia, onde podemos facilmente identificar as ações demandadas por empresas e profissionais através de suas demonstrações e controles.

Acreditamos que a credibilidade gerada pela transparência denota mais sustentabilidade e continuidade das atividades econômicas das empresas e seus derivativos hão de comprovar suas ações empresariais.

As empresas de quaisquer tamanhos e formas, instituições financeiras e similares e profissionais de contabilidade, estão passando por um momento de transparência incomum que se não houver uma reflexão mais apurada deverão responder por suas responsabilidades.

Motivado pela exigência da adequação internacional da contabilidade e suas inovações tributárias, externam nos Demonstrativos Contábeis e Financeiros situações de fácil identificação de débeis estratégias.

O grande problema é que a educação e cultura no trato da gestão empresarial continuam sendo alimentado por profissionais que mantém a mesma cultura e isso implica na transparência desses demonstrativos.

Os auditores independentes que hão de expedir seus pareceres com base em exame amostral nas demonstrações contábeis e financeiras e demais controles internos estarão com suas responsabilidades bastante expostas.

O sistema atual tem essa exigência, suas ações devem ter sincronia raciona com a contabilidade e com seus demonstrativos contábeis, sob pena, de não demonstrar credibilidade junto a Governo, sociedade, investidores, financiadores e demais.

Muitas empresas e instituições, inclusive profissionais envolvidos estarão com suas responsabilidades proporcionalmente envolvidas com suas ações, e responderão por elas.

O futuro do presente apresenta um cenário bastante diversificado, mas sua inserção depende de fatos e atos agregados a uma educação globalizada que sabemos de nossa limitação.

O exercício da contabilidade exige atualização, capacitação e qualificações dos profissionais envolvidas e perfeita sincronia racional com a gestão empresarial devidamente assistida por um planejamento empresarial que comprovará suas ações através de um sistema de diagnóstico empresarial e deverá ter a credibilidade os agentes econômicos em sentido latto.

A Academia está ainda assimilando as inovações o que implica na atividade laboral desses profissionais que estão comprovadamente despreparados para tal feito, bastante simplesmente medir sua formação educacional.

O sistema de informática que alimenta os fatos contábeis, quais sejam fiscal, pessoal, faturamento, estoque, financeiro, contábil e demais necessitam uma maior modernização que compatibilizem essas inovações, assim como sabemos que os profissionais de contabilidade têm sua respectiva limitação.

As empresas ficam a depender mais do fator qualitativo desses profissionais, sob pena de sofrer ônus pecuniários que podem inviabilizar economicamente esses empreendimentos, e seus próprios patrimônios.

É preocupante a situação de professores orientadores de monografias que não tiveram oportunidade de se reciclar, haja vista a necessidade de tal feito para um trabalho de pesquisa com o advento de sua orientação, ou mesmo trabalhos, apresentações, seminários, work class, ou similares que utilizem tal praticidade.

Estou convicto que em sua maioria tal preocupação já fora objeto dessa reciclagem fator esse que reduz preocupações e busca foco na qualidade almejada. 

Em face do tema do presente artigos e preocupado com empresas e principalmente com esses profissionais, ressalto que URGE a reciclagem de professores para que possam qualitativamente exercer suas atividades com excelência, principalmente aqueles que não têm exercício laboral que exija a atualização dessas inovações e modernizações em suas atividades.

Temo que caso isso na aconteça, poderá comprometer variáveis derivativas de suas funções implicando na qualidade desejada e poderá ser objeto de comentários dos formandos que já labutam na área.

Postado dia 12/07/2012 - Fonte: Essência Sobre a Forma


Todos os artigos deste autor:

Check list para empresas pequenas e do sistema do SIMPLES - 08/11/2015

Nunca é Tarde para Fazer uma Contabilidade Certa - 24/05/2015

A Gestão de Recursos Humanos, o Custo Brasil e a Estabilidade Econômica - 06/05/2015

Há Algo de Podre na República Federativa - 02/05/2015

Dia do Contabilista, dia 25 de abril - 21/04/2015

A Incompreensível Ausência da Transparência Contábil - 19/01/2015

Apocalipse das empresas do SIMPLES - 11/01/2015

A Perícia Contábil no Contexto da Tranparência Global - 21/10/2014

Contador e Administrador uma Constante Busca para Alcançar a Sustentabilidade - 29/09/2014

Assessorias, Contábil e Jurídica, Minimizam Risco do Seu Empreendimento - 28/08/2014

Cuidado com sua Contabilidade e sua Gestão Empresarial - 24/08/2014

BRASIL CONNECTION - 23/06/2014

A Contabilidade, a Lei Ante Corrupção e a Teoria de Thomas Piketty - 27/05/2014

Brasil do futuro só com o progresso dos trabalhadores - 08/03/2014

Administração e Contabilidade - Irmãs Siamêsas - 14/02/2014

Quando estudantes e profissionais se tornam marionetes - 28/11/2013

Sonegação Fiscal - Um fato lesivo ou uma justificativa, eis a questão - 13/11/2013

Uma ação reflexiva sobre empresas e profissionais - 21/10/2013

Empresa do SIMPLES NACIONAL - 27/09/2013

Contabilidade - Solução para o Mundo - 15/09/2013

Mais um dia da In...dependência do Brasil - 07/09/2013

Valores, princípios e conhecimentos são fatores essenciais na qualidade, sustentabilidade e continuidade de qualquer empreendimento - 31/05/2013

Contabilidade e a vida - 31/03/2013

Assessoria Contábil no Cenário Globalizado - 13/03/2013

Monografia ou artigo, eis a questão - 23/02/2013

Momento situacionista do seu processo decisório - 01/01/2013

Contador, uma profissão com futuro promissor - 10/11/2012

Perfil desejável de um curso de bacharelado em ciências contábeis - 06/10/2012

Sincronia racional da contabilidade - 11/09/2012

Contabilidade para usuários externos - 02/09/2012

Delicado momento do Sistema (Fênix) - 08/08/2012

Qualidade gera sustentabilidade e continuidade - 24/07/2012

Reciclagem para professores de contabilidade - 12/07/2012

Contabilidade tributária nas empresas - 03/07/2012

Contabilidade, o melhor instrumento contra a corrupção - 29/06/2012


Comentários:


Clique aqui para comentar este artigo


Ronnie de Sousa

Profissional de Contabilidade
São Paulo - SP
Membro desde: 03/04/2012
Lamento profundamente que algumas instituições de ensino não tenham acompanhado as atuais mudanças no cenário econômico e contábil em nosso pais, lamento mais ainda que alguns professores não tenham se reciclado para poder repassar estas mudanças aos seus alunos e as consequências infelizmente serão desastrosas. Mestres ainda dá tempo de reverter este quadro e levar informação contábil de qualidade aos alunos. Vamos Juntos! Obrigado Prof. Elenito.

Dia 16/07/2012 às 21:05:23

Visitantes: 2613