COLUNISTAS


Facebook Twitter Linkedin
Elenito Elias da Costa

• Formado em contabilidade pela UNIFOR - Universidade de Fortaleza;
• Especialização em Auditoria pela UNIFOR - Universidade de Fortaleza;
• Pós-graduado em controladoria pela UNIFOR - Universidade de Fortaleza;
• Mestrado em Auditoria pela UNIFOR - Universidade de Fortaleza;
• Analista Econômico Financeiro pelo IBAMAC;
• Instrutor de curso no SEBRAE/CDL/CRC;
• Professor universitário, palestrante e avaliador do MEC;
• Autor de diversos artigos publicados no Brasil e exterior;
• Sócio da empresa Irmão Empreendimentos Contábeis Ltda;
• Autor dos livros Contabilidade - Coletânea de artigos e Contabilidade - Coletânea de artigos Vol. II
• Um dos autores do livro Transparência - Uma visão sistêmica da analise empresarial nos demonstrativos contábeis e financeiros da Editora Fortes.

 


Contabilidade, o melhor instrumento contra a corrupção

Por Elenito Elias da Costa

Conforme o Professor Antonio Lopes de Sá, um dos maiores pesquisadores em contabilidade, lamentavelmente já participa da contabilidade celestial, informa que CONTABILIDADE é uma ciência que mensura e registra os atos e fatos de um patrimônio vinculado a uma entidade, quando executada por profissional capacitado e qualificado que exerça todos os princípios derivados da adequação internacional e em perfeita sintonia com a TRANSPARENCIA e o CONTROLE INTERNO, pois se aferida através de um DIAGNÓSTICO e comparado com períodos anteriores pode-se facilmente identificar a variabilidade inserida no patrimônio de pessoas físicas ou de pessoas jurídicas e identificar a sua normalidade ou não.

As pessoas físicas estão submetidas a um procedimento fiscalizatório incomum através de sistema de informática, daí podemos perceber o nível de transparência exigido, mas que ainda muitos não acreditam e ainda apresentam sua declaração com estratégias débeis e fúteis.

As pessoas jurídicas têm um sistema fiscalizatório mais voraz, haja vista o cumprimento de suas obrigações tributárias, mas que ainda gestores, investidores e profissionais ainda não estão preparados para essa verdade atual.

A formação de qualquer patrimônio exige uma CONTABILIDADE pautada em licitudes, transparência e controle interno, mas lamento que gestores, investidores e profissionais ainda não estejam preparados para essa atual realidade, mas sentirão a gula fiscalizatório que poderá vitimar diversos patrimônios. 

Observo com bastante propriedade a variação patrimonial de pessoas físicas quando comparadas com a sua renda liquida assim como a situação das empresas sob qualquer opção de regime tributário onde a empresas integrantes do Sistema Simples podem originar uma BOLHA de inadimplência quando ao cumprimento das obrigações tributárias que estão afetas.

Aconselho a elaboração de um DIAGNÓSTICO e em seguida a elaboração e cumprimento de um PES – Planejamento Estratégico Sustentável, para manter a sustentabilidade e continuidade de suas atividades econômicas. 

Sabemos que o sistema Econômico se alimenta de diversas variáveis dentre essas os incautos que tem comportamentos atípicos e não convencionais esses serão os primeiros a sentir a voracidade do sistema fiscalizatório.

Quaisquer ações sejam de pessoas físicas ou jurídicas são facilmente identificáveis e imediatamente analisadas, submetendo-se a legislação vigente e mensurados os indébitos, que serão tratados pelo sistema com a emissão de notificação eletrônica com seus respectivos DARF’s suplementares.

Passando aquela pessoa (físico-jurídica) a receber uma atenção especial pelo sistema até a sua recuperação tributária encontrar a normalidade.

Já se perguntou por que a Economia está estável, empresas sentem a velocidade do giro de seus estoques, reclama do custo Brasil, reclamando da concorrência, mas a arrecadação apresenta números crescentes?

Se as empresas integrantes do Sistema Simples Nacional estão inadimplentes com suas obrigações tributárias, por que o Governo possibilitou o parcelamento de suas dívidas?

Como o Governo fará as obras do PAC 1,PAC 2, Confederação, Copa do Mundo e Olimpíadas, sabendo da necessidade de Energia, Comunicação, Estradas e Obras civis, se não obter Receita Pública?

O Pacote que entrará em vigor em JULHO/2012, conforme está elaborado atenderá ao objetivo desejado pelas empresas?

Já se perguntou por que as DIPF Simplificadas serão elaboradas pelo sistema a partir de 2013?

Já se perguntou por que a DIPJ Simplificadas serão elaboradas pelo sistema a partir de 2014?

Você acredita que o Governo abdicará do recebimento redutor de suas Receitas no momento especial que estamos passando?

LEMBRE-SE: 

O QUE VOCÊ FAZ QUANDO ESTÁ SENDO OBSERVADO CHAMA-SE ÉTICA, MAS AQUILO QUE VOCÊ FAZ QUANDO NÃO ESTÁ SENDO OBSERVADO CHAMA-SE CARÁTER.

Não se preocupe sabemos que o sistema se alimenta de profissionais e gestores que não estão preparados para a realidade presente e sua inépcia e inobservância pagarão o preço justo e necessário.   

Estou convicto da precocidade do referido artigo, mas os fatos elencados merecem no mínimo uma reflexão para que possam sensibilizá-los, e não se torne uma vitima do sistema.

PORTANTO, quando estiver gerindo sua empresa ou procedendo a ações ou fatos que possam modificar o seu patrimônio PENSEM na CONTABILIDADE com bastante sintonia racional, caso contrário fará parte integrante de certas estatísticas indesejáveis.

Caso não acolha o meu aconselhamento, não se preocupe, pois na possível mudança de seu domicilio fiscal terá tempo suficiente para refletir sobre esse aconselhamento.

Recomendo a leitura e entendimento dos meus ARTIGOS e LIVROS publicados para facilitar a sua compreensão, mas advirto a exigência de educação globalizada para tal feito e possível processo decisório.

Postado dia 29/06/2012 - Fonte: Essência Sobre a Forma


Todos os artigos deste autor:

Check list para empresas pequenas e do sistema do SIMPLES - 08/11/2015

Nunca é Tarde para Fazer uma Contabilidade Certa - 24/05/2015

A Gestão de Recursos Humanos, o Custo Brasil e a Estabilidade Econômica - 06/05/2015

Há Algo de Podre na República Federativa - 02/05/2015

Dia do Contabilista, dia 25 de abril - 21/04/2015

A Incompreensível Ausência da Transparência Contábil - 19/01/2015

Apocalipse das empresas do SIMPLES - 11/01/2015

A Perícia Contábil no Contexto da Tranparência Global - 21/10/2014

Contador e Administrador uma Constante Busca para Alcançar a Sustentabilidade - 29/09/2014

Assessorias, Contábil e Jurídica, Minimizam Risco do Seu Empreendimento - 28/08/2014

Cuidado com sua Contabilidade e sua Gestão Empresarial - 24/08/2014

BRASIL CONNECTION - 23/06/2014

A Contabilidade, a Lei Ante Corrupção e a Teoria de Thomas Piketty - 27/05/2014

Brasil do futuro só com o progresso dos trabalhadores - 08/03/2014

Administração e Contabilidade - Irmãs Siamêsas - 14/02/2014

Quando estudantes e profissionais se tornam marionetes - 28/11/2013

Sonegação Fiscal - Um fato lesivo ou uma justificativa, eis a questão - 13/11/2013

Uma ação reflexiva sobre empresas e profissionais - 21/10/2013

Empresa do SIMPLES NACIONAL - 27/09/2013

Contabilidade - Solução para o Mundo - 15/09/2013

Mais um dia da In...dependência do Brasil - 07/09/2013

Valores, princípios e conhecimentos são fatores essenciais na qualidade, sustentabilidade e continuidade de qualquer empreendimento - 31/05/2013

Contabilidade e a vida - 31/03/2013

Assessoria Contábil no Cenário Globalizado - 13/03/2013

Monografia ou artigo, eis a questão - 23/02/2013

Momento situacionista do seu processo decisório - 01/01/2013

Contador, uma profissão com futuro promissor - 10/11/2012

Perfil desejável de um curso de bacharelado em ciências contábeis - 06/10/2012

Sincronia racional da contabilidade - 11/09/2012

Contabilidade para usuários externos - 02/09/2012

Delicado momento do Sistema (Fênix) - 08/08/2012

Qualidade gera sustentabilidade e continuidade - 24/07/2012

Reciclagem para professores de contabilidade - 12/07/2012

Contabilidade tributária nas empresas - 03/07/2012

Contabilidade, o melhor instrumento contra a corrupção - 29/06/2012


Comentários:


Clique aqui para comentar este artigo


cristina alves

contadora
- RJ
Membro desde: 16/07/2012
A contabilidade estuda, analisa, controla o patrimônio de uma empresa, portanto, uma forte aliada no processo decisório de qualquer organização que visa seu crescimento em dados concretos e não fictícios.

Dia 16/07/2012 às 16:08:08

Visitantes: 2738